A Paraíba o tempo todo  |

Alimentação na Pácoa: Chocolate ao leite em excesso pode alterar glicemia, diabetes e hipertensão

A Páscoa, data marcada pela celebração da ressurreição de Cristo, tem também como tradição o chocolate, geralmente oferecido em ovos e presenteado a pessoas especiais. Por mais saboroso que seja o costume, ele deve ser mantido com cautela. O alerta é do nutricionista do Sistema Hapvida, Igor Oliveira, que explica que o consumo em excesso causa alterações prejudiciais ao organismo humano.

“O chocolate ao leite possui uma maior concentração de açúcar e menos de cacau. Essa composição com excesso de açúcar está relacionado com alterações da glicemia, piora de quadro de diabete e hipertensão”, detalha.

Ainda conforme Igor, quem tem problema com acne também deve comer o doce com moderação, já que ele também aumenta a produção de muco na pele, estimulando o surgimento das indesejadas espinhas. Sem moderação, o chocolate também pode piorar casos de gastrite e outros problemas estomacais.

Já o chocolate mais amargo, destaca o nutricionista, pode ser inserido na alimentação de todos durante o ano inteiro e é bem mais saudável. Geralmente, ele costuma ter maior concentração de cacau, chegando a possuir 70% da fruta na composição, o que torna o sabor menos adocicado.

Apesar de mais benefícios do amargo, o escolhido da maior parte das pessoas é o chocolate ao leite, que não precisa ser o vilão da páscoa. O nutricionista conta que não há problema em consumir o doce com mais açúcar, desde que seja com prudência e sem excessos. “Em pequenas quantidades está ok, só não pode exagerar”, orienta.

 

Assessoria
Hapvida

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe