Por pbagora.com.br
sivuca

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT), divulgou neste sábado (11), no Diário Oficial do Estado, o edital do Festival de Arte e Cultura da Escola – Arte Em Cena, que em 2020 tem como título ‘[email protected]: Arte em Cena Digital nos acordes do Mestre Sivuca, o Poeta do Som’. Em 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Festival vai contar com atividades remotas, em plataformas digitais, e tem como novidade bolsa para mentores artistas e professores tutores. O edital está disponível em http://www.paraiba.pb.gov.br/paraibaeduca.

Este ano o Festival se integra às ações governamentais desenvolvidas no âmbito do Ano Cultural Mestre Sivuca, instituído por meio do Decreto nº 40.023 de 14 de fevereiro de 2020. Justifica-se, assim, a indicação como tema norteador do festival que acontece em seis linguagens artísticas: Artes Visuais, Dança, Literatura, Música, Produção Audiovisual e Teatro.

O Festival tem como objetivo incentivar o acesso às diversas manifestações no campo da arte, além de sua prática no cotidiano escolar das unidades pertencentes à Rede Estadual de Ensino, fortalecendo os vínculos culturais e afetivos com a produção artística local e nacional. Poderão participar as escolas da Rede Estadual de Ensino da Paraíba que ofertam 8º e 9º ano dos Anos Finais do Ensino Fundamental, Ensino Médio e/ou os Ciclos IV, V e VI da Educação de Jovens e Adultos.

Considerando a importância em promover a integração entre as políticas públicas estaduais de educação, de cultura e de desenvolvimento, o [email protected] se desenvolverá tendo em conta ações de cooperação entre a SEECT e a Secretaria de Estado da Cultura (Secult), considerando a Fundação de Apoio a Pesquisa da Paraíba (Fapesq/PB), a Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc/PB) e a Fundação Casa de José Américo (FCJA).

Modalidades – Os estudantes, organizados individualmente, em dupla ou grupo, juntamente com o Professor Tutor poderão concorrer em apenas uma linguagem artística. Obrigatoriamente, todas as linguagens artísticas deverão fazer interlocução com a temática do Festival. Serão disponibilizados pela SEECT materiais que facilitem o conhecimento das comunidades escolares sobre a vida e obra do Mestre Sivuca.

Produção Audiovisual: A escola deverá desenvolver seu projeto de produção de um mini-documentário ou um vídeo de curta-metragem, de no mínimo 1 (um) e no máximo cinco minutos de duração, nos gêneros: ação, animação, aventura, comédia, documentário, drama, fantasias, musical, romance e suspense. Os participantes deverão disponibilizar a apresentação por meio de um link não público da plataforma YouTube (não listado).

Artes visuais: A escola poderá desenvolver seu projeto em pintura e/ou desenho. Para a apresentação deverá ser produzido um vídeo limitado a uma duração mínima de um e máxima de cinco minutos.  Os participantes deverão disponibilizar a apresentação por meio de um link não público da plataforma YouTube (não listado).

Dança: A escola poderá desenvolver seu projeto em performance individual ou coletiva com a participação de, no máximo, oito estudantes, em estilo coreógrafo ou livre, clássico ou populara. Para a apresentação deverá ser produzido um vídeo limitado a uma duração mínima de um e máxima de cinco minutos. Os participantes deverão disponibilizar a apresentação por meio de um link não público da plataforma YouTube (não listado).

Literatura: A escola poderá apresentar seu projeto de produção em verso ou prosa. A produção poderá ser individual ou em dupla, sendo de responsabilidade dos participantes disponibilizar o envio do texto e de um vídeo de apresentação de duração mínima de  um e máxima de dois minutos Os participantes deverão disponibilizar a apresentação por meio de um link não público da plataforma YouTube (não listado).

Música: A escola poderá desenvolver seu projeto em performance musical, canto individual ou coletivo com a participação de, no máximo, oito estudantes, um professor tutor e mentor artista. Para a apresentação deverá ser produzido um vídeo limitado a uma duração mínima de um e máxima de cinco minutos.  Os participantes deverão disponibilizar a apresentação por meio de um link não público da plataforma YouTube (não listado).

Teatro: A escola poderá desenvolver seu projeto em arte cênica, em dupla ou em grupo, no máximo, de oito estudantes, sob a orientação de um professor tutor e um e mentor artista. Para a apresentação deverá ser produzido um vídeo limitado a uma duração mínima de um e máxima de cinco minutos.  Os participantes deverão disponibilizar a apresentação por meio de um link não público da plataforma YouTube (não listado).

Etapas – O Arte em Cena se configura em um conjunto de vivências educativas e culturais e mostras competitivas, envolvendo estudantes e professores da Rede Estadual de Ensino. Será realizado em três etapas, sendo a primeira no contexto de cada unidade escolar inscrita, a segunda desenvolvida a partir das Gerências Regionais de Educação a qual a escola está vinculada, culminando na terceira etapa, de caráter estadual.
A Etapa Escolar corresponde às atividades desenvolvidas no contexto de cada unidade de ensino pré-inscrita no Festival, devendo, portanto, estarem integradas às atividades do Regime Especial de Ensino. É de caráter classificatório. Como produto final da Etapa Escolar, cada unidade de ensino deverá sistematizar um projeto escolar único, que deve incluir de duas a seis linguagens artísticas. Este projeto escolar único deverá ser submetido em inscrição à respectiva Gerência Regional de Educação, para, assim, a unidade de ensino participar da Etapa Regional do Festival.

A Etapa Regional é de caráter classificatório e eliminatório, sendo realizada em duas fases. A primeira fase corresponde à seleção das propostas artísticas apresentadas pelas escolas por meio da inscrição do projeto escolar único. Dentre os projetos encaminhados à cada Gerência Regional de Educação, esta deverá selecionar uma proposta por linguagem artística, totalizando assim seis propostas a serem desenvolvidas ao longo da Etapa Regional e que representará tal Gerência Regional de Educação na Etapa Estadual. A segunda fase corresponde ao desenvolvimento das propostas selecionadas. Para tanto, cada linguagem artística terá um Mentor Artista, sendo este selecionado por meio de uma Comissão de Seleção, que será responsável por auxiliar no desenvolvimento da proposta selecionada.  As atividades realizadas na Etapa Regional deverão ser acompanhadas, desde o seu planejamento até a execução pelo Professor Tutor da proposta artística selecionada.

Na Etapa Estadual serão escolhidas as melhores produções artísticas propostas e desenvolvidas pelos estudantes, sendo uma em cada linguagem artística, em duas fases, classificatórias e eliminatórias. A primeira fase corresponde à seleção por parte de uma Comissão Avaliadora Estadual das produções artísticas enviadas durante a Etapa Regional. Serão selecionadas três propostas por linguagem artística, totalizando 18 produções artísticas estaduais finalistas. A segunda fase corresponde a defesa das 18 finalistas, em formato digital, com duração de no máximo três minutos, contemplando as motivações e as razões que impulsionam para que a obra seja escolhida como a melhor da sua linguagem artística.

Inscrição e participação – a participação das unidades de ensino deverá ser confirmada por meio de Pré-inscrição e de Inscrição, sendo ambas de responsabilidade do gestor da escola ou por professor designado para tal. A pré-inscrição deve ser feita por meio de formulário eletrônico disponível no endereço eletrônico http://www.paraiba.pb.gov.br/paraibaeduca , habilitando-se, assim, para desenvolver a Etapa Escolar do Festival.

Para a efetivar a participação na Etapa Regional as escolas deverão realizar a inscrição por meio de formulário eletrônico disponível no mesmo endereço, e enviar um projeto escolar único, que será indicado para participação na Etapa Regional.

Certificações e Premiações – Todas os participantes da segunda fase da Etapa Regional serão contemplados com a Certificação de Desenvolvimento de Proposta Artística, sendo computadas as horas de mentoria e formações. Todas os participantes da Etapa Estadual receberão a Certificação de Apresentação de Proposta Artística. As 18 propostas artísticas finalistas da Etapa Estadual serão publicadas em um ebook interativo elaborado a partir da temática.

As seis propostas vencedoras do [email protected], para além da publicação, irão ganhar um Curso de Aprofundamento Artístico a ser realizado em João Pessoa, desenvolvido pelos parceiros do Festival. O curso de aprofundamento terá duração de uma semana e serão contempladas atividades correspondentes a cada linguagem artística.  Com o intuito de proporcionar um processo de imersão, durante a realização do curso, todos os participantes estarão hospedados em João Pessoa.

Professores tutores e Mentores Artistas – Para cada estudante ou grupo de estudantes que desenvolverá atividade em uma determinada linguagem artística, a escola deverá indicar um professor da escola que esteja em pleno exercício, sendo-lhe concedida a atribuição de Professor Tutor, responsável em orientar e acompanhar os estudantes inscritos durante todas as etapas do festival.

Nas Etapas Regional e Estadual, caso o trabalho seja classificado, o projeto será acompanhado por um artista especialista externo que atuará como Mentor Artista. Os mentores estarão agrupados por Gerência Regional de Educação, sendo um artista de cada linguagem artística, totalizando assim 84 mentores artistas para todo o Estado da Paraíba.

Como forma de promover a integração entre as políticas públicas estaduais de educação, de cultura e de desenvolvimento, alinhando a arte como fazer profissional e instrumento pedagógico, o contará com a participação de artistas que deverão realizar mentorias especializadas com os estudantes participantes. Para se submeter à seleção o artista deverá preencher formulário eletrônico disponível no endereço eletrônico http://www.paraiba.pb.gov.br/paraibaeduca, anexando os seguintes documentos: portfólio de comprovação de experiência artística de acordo com o item 8.4 deste edital, RG, CPF, comprovante de residência. Os requisitos estão disponíveis no edital. A seleção dos artistas será realizada por uma Comissão de Seleção, composta por representantes da SEECT, Fapesq/PB, Funesc/PB, FCJA e UEPB

Os 84 Professores Tutores receberão bolsas em cinco parcelas de R$ 600,00, e os 84 Mentores Artistas cinco parcelas de R$ 800,00, totalizando 168 bolsas que representam um investimento de R$ 588.000,00.

PB Agora

Deixe seu Comentário