Vereador critica marcha à ré de colegas sobre CPI da Lagoa: "Encantos do Paço Municipal são mais agradáveis"


 

“Uma investigação onde teve desvios de recursos na faixa de R$ 6 a 10 milhões, não ser investigado, então os encantos do Paço Municipal estão sendo mais agradáveis”. A declaração é do vereador Eduardo Carneiro (PRTB) ao lamentar a não assinatura da vereadora Raíssa Lacerda (PSD) no pedido para investigar os desvios milionários apontados pela Controladoria Geral da União nas obras da Lagoa, do Parque Solon de Lucena.

 

O parlamentar, assim como o vereador Bruno Farias (PPS), disse que respeitava a postura da colega, mas também discordava.

“Infelizmente nós sabemos que encantos são esses, mas nós precisamos ter a responsabilidade com a cidade, com o povo e é isso que nós estamos pedindo, para que os demais vereadores analisem e assim como passamos a documentação para a vereadora Raíssa passaremos para outros, até que algum se sensibilize e assine essa CPI”, disse.

Eduardo ainda disse que um recente encontro entre Raíssa e Cartaxo pode ter culminado na decisão dela em não assinar; "Espero que não tenham sido os encantos do Paço Municipal, mas sim a convicção dela em decidir não assinar", arrematou.

 

OUÇA

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – Cícero se movimenta como pré-candidato e, até agora, não tem páreo pra disputa a altura

Cícero Lucena (PP) é pré-candidato à sucessão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo. A todo instante o ex-senador sinaliza com mais frequência a pretensão de disputar o posto que…

João sanciona lei que permite a servidores suspenderem pagamento de consignados

O governador João Azevêdo sancionou o projeto de lei aprovado na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) que permite aos servidores públicos estaduais a suspensão do pagamento dos empréstimos consignados por…