Está prevista para a sessão ordinária desta terça-feira (10) a retomada pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do julgamento do recurso que pede a cassação dos mandatos do governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), e de seu vice, Luiz Carlos Porto. O julgamento foi interrompido no dia 19 de dezembro de 2008 após o ministro Felix Fischer pedir vista do recurso para melhor analisá-lo.

O pedido de vista ocorreu após o voto do ministro relator, Eros Grau, pela cassação do governador, determinando, ainda, a posse da segunda colocada nas eleições de 2006, Roseana Sarney (PMDB).

A coligação “Maranhão a Força do Povo”, que apoiou Roseana Sarney, acusa o governador Jackson Lago e seu vice de cometerem abuso de poder econômico e compra de votos durante a campanha eleitoral de 2006.
 

TSE

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

2020: deputado aliado de João defende a unificação da oposição em CG

Pré candidato a prefeito de Campina Grande, o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), defendeu, nesse fim de semana, a unificação da oposição para enfrentar o candidato a ser apresentado pelo…

Galdino faz apelo ao MP por mais tempo para gestores extinguir lixões

Em recente entrevista à imprensa o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deputado Adriano Galdino (PSB), assumiu o apelo dos prefeitos do Litoral Norte do Estado, que alegando falta…