Porta voz do PSB nega estremecimento na aliança Cássio/RC e reage: “Não há justificativa para candidatura dele”

A oposição diz que há estremecimento na relação entre o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB). Os boatos não são confirmados por aliados, mas quem torce pela quebra da aliança garante que o senador vai romper em 2014 e sairá candidato ao governo do estado.

 

O presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas em tom concliador diante das poêmicas, negou com veemência esses boatos de estremecimentos e considerou Cassío como um dos principais aliados do governador.

 

"Não existe crise na aliança. Assim, não há qualquer motivo para o senador Cássio romper com Ricardo. Não há justificativa para uma candidatura dele agora".

 

Não satisfeito, Rosas colocou panos quentes em boatos da oposição e declarou que a aliança  permanece para projeto político tanto de Cássio quanto de Ricardo.

 

"Somos integrantes de um projeto que deu certo em 2010 e vai dar certo em 2014 e segue em 2018, quando Cássio deve sair como nosso candidato ao Governo".

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Senado aprova emenda de Veneziano e garante renda a profissionais liberais

Uma emenda ao Projeto da Renda Básica de Cidadania Emergencial (PL 873/2020) estendendo o auxílio de R$ 600 aos profissionais liberais, de autoria do senador Veneziano Vital do Rego (PSB-PB),…

Julian lamenta instabilidade em posicionamento de Bolsonaro

O deputado federal Julian Lemos, do PSL, elogiou o segundo pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) veiculado em rede nacional, na noite de ontem, apesar de considerar que faltou…