Por pbagora.com.br
Bastante atento a conjuntura nacional, o governador paraibano Ricardo Coutinho(PSB) surpreendeu e demonstrou não se contentar com os 39 ministérios já existentes no Governo Dilma Rousseff(PT) e sugeriu a criação de mais uma pasta na já inchada máquina administrativa do PT: a da Segurança Pública. O anúnciou do ‘mago’ foi feito durante o seu programa de rádio semanal na cidade de Uiraúna no alto Sertão paraibano. Sem temer uma reação adversa, Ricardo deu o seu palpite, afirmando que o grande problema do Brasil é o crack:

“Na minha avaliação sendo o Governo Federal eu criaria o Ministério da Segurança Pública para cuidar da área da Segurança Pública, para articular as secretarias”, contou.

""Segundo Ricardo Coutinho, é impossível o combate à criminalidade sem um gerenciamento adequado: “você pega a turma de Tocantins e vem assaltar um banco aqui, pegam as armas pesadas, entram numa cidade pequena, faz todo mundo refém e entram até em Cabedelo como entraram semana passada e se deram mal, pois todos foram presos e bem presos”, desabafou.

Para Coutinho, falta uma interligação entre as gestões estaduais: “criamos o operação Divisa Segura na nossa secretaria com os estados vizinhos, mas é muito incipiente, é preciso você ter uma política pública real concreta e que articule tudo isso. Não é possível viver de programas que não vão levar a lugar nenhum não”, frisou.

O governador socialista defendeu políticas enérgicas e a implantação do Ministério da Segurança tem que ser entendida como prioritária.

“No estágio de violência que o Brasil está, é preciso na minha avaliação ter um Ministério que se encarregasse de padronizar as policias no mesmo objetivo, nós não temos outro caminho”, destacou.

""Por fim Ricardo Coutinho enalteceu a atuação da sua equipe de segurança, dizendo que a sua gestão age de maneira integrada e fez duras críticas a legislação: “a quantidade de pessoas presas supera dez mil, as nossas polícias são muito boas, agora você tem uma lei cheia de furos, que faz com que alguém assalte aqui hoje e amanhã esteja na rua”, concluiu.

E você amigo internauta, concorda com a proposta do governador Ricardo Coutinho? Opine no espaço destinado aos comentários.

 

Henrique Lima

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: derrotado na estratégia para sucessão, Cartaxo mira em 2022 para não “sumir”

Eu toco em um tema, na coluna de hoje, naquilo que já vem sendo discutido nos meios políticos há muito, em especial na cidade de João Pessoa. A postura dúbia…

Ruy se solidariza com Socorro Gadelha: “Edilma já estava escolhida há tempos”

Com palavras firmes e diretas, o deputado federal Ruy Carneiro fez questão de demonstrar solidariedade à ex-secretária de Habitação de João Pessoa Socorro Gadelha, pelo modo como foi descartada pelo…