EXCLUSIVO – O Partido dos Trabalhadores não está satisfeito com o papel que o vice-governador Luciano Cartaxo (PT) vem desempenhando no governo Maranhão III. O primeiro sinal público desse descontentamento circulou neste final de semana: em carta enviada para lideranças petistas, o ex-prefeito de Serra Branca, Zizo Mamede, hoje chefe de Gabinete do deputado federal Luiz Couto, presidente do PT paraibano, destacou preocupação quando à participação de Cartaxo no governo.

Ele teme que o petista vire objeto de decoração da atual administração. E defende abertamente que o vice-governador fique ao menos com a responsabilidade de gerenciar obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do governo federal na Paraíba.

“Até o momento, não sabemos como o principal representante do PT contribuirá com o Governo que se instala. Já não aceitamos mais vices que se portam como eminência parda ou nem isto. Também não queremos um vice-governador apenas para nos dizer que o PT está no governo, ou mais generosamente ainda, que o PT é Governo”, diz o petista em nota enviada aos “companheiros”.

A pouca visibilidade de Cartaxo já foi notada por outros petistas. O petista esteve ausente, por exemplo, das duas visitas que Maranhão já fez ao presidente Lula (PT) desde que tomou posse.

“Por outro lado, vemos que algumas pessoas estão recebendo no Governo mais de uma atribuição, a exemplo do engenheiro Francisco Jácome Sarmento, que acumula duas secretarias de Estado, Infra-estrutura, Meio ambiente e Recursos Hídricos e agora agerência das obras do PAC no Estado”, completa Zizo Mamede.

Por outro lado, Cartaxo se considera prestigiado dentro do governo e defende que o PT tenha uma postura cada vez mais aliada a Maranhão III.

PB Agora

 

VEJA NOTA NA ÍNTEGRA

Olá pessoal! Tudo bem?

 

Quero partilhar com vocês uma preocupação a respeito do papel que o vice-governador da Paraíba, companheiro Luciano Cartaxo deve desempenhar no Governo. Afinal, até o momento, não sabemos como o principal representante do PT contribuirá com o Governo que se instala. Já não aceitamos mais vices que se portam como eminência parda ou nem isto. Também não queremos um vice-governador apenas para nos dizer que o PT está no governo, ou mais generosamente ainda, que o PT é Governo. Bem sabemos como foi a escolha de Lucinao Cartaxo para compor a chapa da oposição com o Senador José Maranhão, muito mais por iniciativa do PSB e do próprio PMDB do que do próprio PT. Mas o PT assinou em baixo. Votou e fez campanha. Legitimou e se reconhece
representado pelo companheiro vice-governador.

 

Por outro lado, vemos que algumas pessoas estão recebendo no Governo mais de uma atribuição, a exemplo do engenheiro Francisco Jácome Sarmento, que acumula duas secretarias de Estado, Infra-estrutura, Meio ambiente e Recursos Hídricos e agora agerência das obras do PAC no Estado.

 

Não queremos um vice-governador para, simplesmente, despachar demandas de cargos e nomeações reivindicadas pela base do PT. Certamente o companheiro Luciano Cartaxoquer muito mais, sabe muito mais, poderá fazer muito mais.

 

Sou daqueles que defende que Luciano Cartaxo deve ter a atribuição de gerenciar as obras do PAC na Paraíba.

 

 

Zizo Mamede.


Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Carlos Bolsonaro diz que líder do PSL no Senado é “bobo da corte”

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) compartilhou neste domingo (13) uma mensagem no Twitter na qual classifica como “bobo da corte” o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP). “Este…

Seleção empata contra Nigéria e mantém sequência de quatro jogos sem triunfo

A Seleção Brasileira empatou em 1 a 1 mais um amistoso, neste domingo (13), contra o time da Nigéria. O jogo aconteceu em Singapura, às 9h de Brasília. Com o…