Por pbagora.com.br

Em artigo publicado em seu blog, o colunista do portal PB Agora, Carlos Magno analisou a possibilidade da substituição da candidatura do ex-governador Càssio rumo ao Senado Federal. No artigo, o colunista atenta para a presença da esposa do tucano na passeata realizada na Capital. Conforme o jornalista, a presença pode ser o indício de um "plano B" em caso da não possibilidade da candidatura do ex-governador.

Confira o artigo:

Presença de Silvia em passeata gera especulações sobre possível substituição na disputa do Senado

A presença da esposa do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) na passeata – em defesa do voto e para a oposição, contra o Ficha Limpa, acabou gerando mais especulações na Paraíba sobre a candidatura ou não de Cássio ao Senado.

A presença de Silvia numa ação de campanha seria considerada normal, se isso fosse usual em sua vida ao lado do esposo.


O problema é que Silvia nunca participou ativamente das campanhas de Cássio. Do governo, sim, mas das campanhas, não. Foi Silvia quem atuou brilhantemente em prol do artesanato paraibano, quando Cássio foi governador. Mas não se tem notícia de que esta força tenha sido dada, também, nos embates eleitorais. Pelo menos de forma visível.


Como todos sabem, o papel feminino nas eleições disputadas pelo grupo Cunha Lima sempre coube à mãe do ex-governador, Glória Cunha Lima. Mas agora, eis que entra em cena Silvia, para o tal ‘Plano B’, caso Cássio seja mesmo impedido de ser candidato a Senador.

Ainda ontem, o twitter, em matéria publicada no portal PB Agora, Cássio comentou sobre a possibilidade do plano emergencial ser o tio, Ivandro Cunha Lima (PSDB).

 

Do blog do Carlos Magno
 

Notícias relacionadas

Mulher vítima de violência denuncia marido à Polícia Civil, na capital

Uma mulher denunciou o marido por agressão doméstica na noite de ontem (15), em João Pessoa. O crime aconteceu no bairro Costa Silva, por volta de 23h30. À polícia, a…

Queda de energia em JP obriga Câmara a adiar audiência sobre a LDO 2022

A audiência pública para discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício financeiro de 2022, que estava agendada para ocorrer nesta terça-feira (15), às 11h, foi adiada para…