A visita da futura candidata à sucessão de Lula Dilma Rousseff acabou criando um engarrafamento no pequeno aeroporto de Salgueiro.

Um total de 19 aeronaves, jatinhos executivos, estavam estacionados por lá. Agora, eles começam a decolar para Juazeiro, que tem melhores condições de pouso e decolagem, uma vez que a ministra atrasou muito e ficaria mais difícil para os empresários decolarem de lá.

A vistoria mobiliza cerca de 40 presidentes e diretores das empresas contratadas para os 14 lotes nos quais foi dividida a construção dos grandes canais dos eixos Norte e Leste, que levarão a água do “Velho Chico” ao Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas e Pernambuco.

O propósito do ministro Geddel Vieira Lima é aumentar o ritmo dos trabalhos, apesar do Projeto São Francisco estar cumprindo o cronograma.

“Quero essa inspeção conjunta para cobrar celeridade e pedir empenho redobrado nesse momento de crise econômica”, explicou Geddel, no site do minitério. Segundo sua assessoria, ele que convidou Dilma para acompanhá-lo aos municípios pernambucanos de Cabrobó e Floresta, onde se realizam as obras do Projeto São Francisco.

Na mesma cidade, no próximo dia 12 de fevereiro, o presidente Lula já tem visita agendada, mas para anunciar novidades em torno da transnordestina.
 

 

 

Blog do Jamildo

JC Online

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Licença médica de Corujinha pode colocar oposição a Cartaxo na presidência da CMJP

A presidência da Câmara de João Pessoa pode recair, pela primeira vez nesta legislatura, nas mãos da bancada que faz oposição ao prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV). É…

Cida Ramos nega possibilidade do governador deixar os quadros do PSB: “Qual o sentido de João sair do partido?”

A tese de saída do governador João Azevêdo (PSB) do partido, em decorrência do impasse envolvendo o PSB paraibano foi eliminada pela deputada estadual Cida Ramos (PSB). Para ela, que…