A Paraíba o tempo todo  |

Paraibano é citado entre os beneficiados no ‘orçamento paralelo’ de Bolsonaro

O deputado federal paraibano Wellington Roberto (PL) parece entre os parlamentares contemplados com o orçamento paralelo criado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para ganhar a “fidelidade” do Centrão. O caso foi exposto pelo jornal O Estado de São Paulo no fim de semana e mostra gasto de R$ 3 bilhões do Planalto com as indicações de parlamentares. O caso guarda semelhanças com o escândalo dos “Anões do Orçamento”, exposto na década de 1990.

De acordo com o levantamento publicado pelo Estadão, Wellington Roberto indicou gastos de R$ 80 milhões no orçamento informal e sem transparência. Isso sem contar as emendas no orçamento formal, a que todos os parlamentares têm acesso de forma igualitária. O montante indicado pelo paraibano, no entanto, está longe do topo do ranking. O ex-presidente do Senado, David Alcolumbre (DEM-AP), teve R$ 277 milhões em emendas.

Confira o texto completo no site do jornalista Suetoni Souto Maior

 

Suetoni Souto Maior

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      17
      Compartilhe