Em nota encaminhada à imprensa, na tarde desta segunda-feira (30), o deputado federal Gervásio Maia (PSB) reagiu contra às investidas do presidente da Assembleia Legislativa Adriano Galdino (PSB) – que o acusou de ser o responsável pela crise no PSB paraibano – e disse que jamais atuaria com desonestidade.

LEIA NA ÍNTEGRA

Hoje, fui abordado por alguns profissionais da imprensa que queriam respostas para declarações e ofensas proferidas ao meu respeito. Confesso, que não entendo a motivação de alguns que, de hora para outra, resolveram me atacar, mas ainda assim respondo em respeito ao povo da Paraíba.

Não posso ser responsável por nenhuma crise de quem quer que seja pois isso não faz parte da minha história. A ingratidão é algo tão terrível que parece corroer a alma de quem a exerce. Na minha vida, os que me conhecem sabem do meu perfil e caráter. Jamais se encontrará na minha trajetória de vida a desonestidade ou covardia. Jamais fui contra minhas crenças, minhas convicções, nem abandonei meus amigos, principalmente, em horas difíceis.

Sigo nesse momento para Brasília, trabalhando na defesa do Brasil, do Nordeste e da minha amada Paraíba. Na luta contra os ataques diários aos direitos dos trabalhadores, contra essa reforma da previdência injusta, trabalhando para que a reforma tributária não sufoque os que menos tem, buscando soluções para a retomada das operações da Transposição do Rio São Francisco e em defesa da igualdade, respeito e direitos as minorias e dos mais vulneráveis.

Gervásio Maia

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputada estadual exonera assessor acusado de assédio

A deputada estadual Doutora Paula (PP) exonerou um de seus assessores, após ele ser acusado de assédio sexual e de divulgar nas redes um vídeo íntimo da mulher assediada. O…

Luciano Cartaxo leva “puxão de orelhas” em público de Damião durante encontro

Um encontro em Brasília entre o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) e bancada paraibana no Congresso Nacional, na última terça-feira (8),  resultou num puxão de orelha para o…