O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Adriano Galdino (PSB), durante entrevista na manhã de hoje (27), anunciou o arquivamento do pedido de impeachment do governador João Azevêdo (Cidadania) protocolado na Casa pelo deputado de oposição, Walber Virgulino (Patriotas). “A procuradoria alegou algumas falhas técnicas, além da falta de provas do que foi denunciado”, disse Galdino

Seguindo um parecer emitido pela Procuradoria Jurídica da ALPB, Galdino citou que as falhas no processo foram evidentes, assim como a falta de provas na peça de acusação, fatos esses que foram determinantes para a solicitação de arquivamento do processo.

“Nós assinamos o arquivamento do pedido de impeachment que tem a frente o deputado Walber Virgulino e mais 11 deputados que assinaram esse pedido. Então acompanhando parecer da procuradoria jurídica da Casa, nós arquivamos esse pedido”, disse o presidente da ALPB em entrevista ao programa Paraíba Verdade, da Arapuan FM.

Sobre o pedido de impeachment – O pedido de impeachment foi protocolizado pelo deputado estadual Walber Virgolino no dia 5 de fevereiro. O parlamentar apontou “prática de crimes de não tornar efetiva a responsabilidade dos seus subordinados, quando manifesta em delitos funcionais; e proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo”.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

STF nega pedido de Berg Lima para retorno à Prefeitura de Bayeux

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Tofolli negou o pedido de suspensão de liminar apresentado pelo prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima para retorno ao cargo no Executivo…

Efraim Filho se compromete a viabilizar diálogo da APDP com governo do estado

O deputado federal Efraim Filho se comprometeu a abrir um canal de diálogo entre a Associação Paraibana dos Defensores Públicos e o governador João Azevedo, para que a entidade possa…