Por pbagora.com.br

O senador José Maranhão (MDB) visando não prejudicar o “calendário eleitoral” sugeriu, através de emenda à Constituição, o adiamento das eleições municipais deste ano para dezembro. De acordo com a emenda, o primeiro turno aconteceria até o dia 15 e o segundo turno, onde houver, 15 dias depois.

De acordo com o senador, a pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) seria a real causa do adiamento. “Esta clara a impossibilidade de se cumprir o calendário eleitoral de 2020, tendo em vista a pandemia do coronavírus”.

O texto foi elaborado com a participação do presidente do diretório do MDB em João Pessoa, Alberto Gomes. “Estamos diante de um quadro em que a prioridade são as medidas de salvaguarda da vida”.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Ruy cumpre agenda com prefeitos da PB e garante emendas para saúde, educação e infraestrutura

O deputado federal Ruy Carneiro cumpriu uma agenda intensa de visitas para efetivar compromissos com prefeitos de várias cidades paraibanas. Em dois dias visitou quatro cidades: Pilõezinhos, Cuitegi, Logradouro e…

Alheio a debate político, PDT faz mistério sobre futuro e alianças em 2022

Após o deputado federal Damião Feliciano (PDT) ter vencido à Covid-19 em meio a uma batalha pela vida de quase 90 dias, a família tem evitado entrar no debate político…