Por pbagora.com.br

Um movimento de retirada de assinaturas inviabilizou a realização de uma CPI mista para investigar repasse de recursos públicos para o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-terra. O requerimento de criação da comissão foi lido nessa quarta-feira (30/09) em uma sessão do Congresso Nacional.

O requerimento que pedia a criação da CPI contava com 183 assinaturas de deputados e 34 de senadores. Para criar uma CPI mista é necessário ter 171 adesões na Câmara e 27 no Senado. Com a leitura, os parlamentares tinham até a meia-noite de quarta-feira para retirar as assinaturas.

Nesta quinta-feira (1), a Secretaria Geral da Mesa do Senado informou que a investigação não será realizada porque 15 deputados retiraram suas assinaturas do requerimento, que ficou com somente 168 apoios. No Senado o número de adesões subiu de 34 para 36, mas as retiradas na Câmara impedem a investigação.

G1

Notícias relacionadas

Veja ponto a ponto do depoimento de Luiz Henrique Mandetta à CPI da Covid

Em mais de sete horas de depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta detalhou procedimentos que adotou contra a pandemia e…

“O PT tem que abrir diálogo”, diz Jackson ao destacar que o MDB deve ser procurado

O presidente do Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT-PB), Jackson Macedo, analisou a hipótese da sua sigla buscar o apoio de outras legendas como o MDB para um eventual apoio…