Por pbagora.com.br

A crise interna no Partido Socialista Brasileiro (PSB), na Paraíba se refletiu na Câmara Municipal de Campina Grande. O vereador Bruno Faustino, admitiu deixar o partido. Líder da oposição na Casa de Félix Araújo, Bruno afirmou que vem sendo sondado por outros partidos, mas não sairá da base aliada ao governador João Azevedo.

Em entrevista concedida à Rádio Caturité FM, o vereador sinalizou que nas próximas eleições, poderá estar filiado a um  partido paralelo ao PSB.

– Temos o PPS (hoje Cidadania), que nos convidou, o Partido Novo, e o PTB. Tenho essa tendência de migrar para um partido aliado do Governador João Azevedo, e assim construir um time na parte proporcional, acredito que sairemos fortalecidos numa legenda paralela ao PSB – declarou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mesmo sem o apoio do Cidadania em JP, Anísio afirma que pré-candidatura está consolidada

Em entrevista a imprensa o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de João Pessoa Anísio Maia do PT, comentou sobre o recente apoio do Cidadania do governador João Azevêdo a…

“Livres para tomar decisões”, declara Eduardo Carneiro sobre Eleições 2020 em JP

Em entrevista concedida à emissora de rádio de João Pessoa, o deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB) declarou que sua trajetória política e apoio construído com seus aliados lhe a liberdade…