Por pbagora.com.br

Confiante no seu retorno a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o suplente de deputado estadual Lindolfo Pires (Podemos) vem divulgando nas suas redes sociais desde 03 de fevereiro deste ano, posts onde se coloca como deputado estadual. As recentes mudanças que resultaram na licença do deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB) para compor o secretariado do governador João Azevêdo e na ascensão o suplente Jutay Meneses (PRB) fizeram com que o ex-deputado  de Sousa já se veja como integrante do legislativo paraibano, pelo menos pelas redes.

 

Deputado estadual até o final de janeiro deste ano, quando houve a posse da nova composição eleita dos deputados, Lindolfo por suas redes sociais continua a se postar como parlamentar eleito. Em fevereiro deste ano, já não mais parlamentar titular, Lindolfo postou uma arte parabenizando os policiais militares por sua data comemorativa e assim vem fazendo em homenagens  as cidades, onde tem base eleitoral e datas comemorativas.    

 

"Tenho respeitado as ações e o que ele [Jutay] pretende fazer, o que nós pretendemos logicamente é assumir a Assembleia então para isso vamos verificar junto ao governador se existe a possibilidade ou não de uma nova convocação, de um novo deputado para ser auxiliar seu governo. Já tenho mantido conversa e ficou definido pelo governador que agora em abril faria a parte política então como o mês já começou ele cumpriu com a parte dele e convocou Hervázio para ser secretário de esporte" disse  Lindolfo recentemente sobre sua expectativa de retorno a ALPB.

 

Lindolfo ainda destacou que a nova convocação é uma questão de foro único do governador que pode também decidir por não realizá-la.

 

""

Redação

 

 

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

Galdino defende responsabilização de Bolsonaro por agravamento da pandemia

O presidente do Poder Legislativo paraibano, Adriano Galdino, defendeu, em sessão extraordinária realizada nesta terça-feira (23), que o presidente da República deveria ser punido por sua falta de ação efetiva…

Prefeita de Bayeux pode ter mandato cassado por uso máquina pública em 2020

A prefeita do município de Bayeux, Luciene de Fofinho (PDT), mal iniciou seu mandato e já pode perdê-lo. Isso porque o Ministério Público Eleitoral ingressou com três ações de investigação…