Wilson Braga lembra Salomão Gadelha na Câmara Federal

 

O deputado Wilson Braga (PMDB) ocupou a tribuna da Câmara Federal, na tarde desta segunda-feira 29, para homenagear, post-mortem, o ex-prefeito do município de Sousa, Salomão Gadelha, falecido, na semana passada, em trágico acidente automobilístico no Sertão da Paraíba.

O parlamentar ressaltou, em seu discurso, o espírito de empreendedorismo de Salomão, como administrador público e empresário, também enaltecendo o aspecto democrático de sua formação política, tanto do ponto de vista teórico quanto prático.

No binômio empresário-administrador, Wilson Braga pinçou algumas das principais realizações do homenageado, dando destaque, por exemplo, à municipalização dos serviços de saúde da cidade de Sousa, com imediata aquisição dos benefícios do SAMU, instalação do CAPS, do Centro Cultural Banco do Nordeste e da Ortoclínica.

Ainda no capítulo da saúde pública, conforme avalia Braga, Salomão Gadelha merece ser lembrado por mais um gestão de extrema ousadia administrativa: a municipalização dos serviços de água e esgoto da “cidade sorriso”, o que tem servido de paradigma a outras administrações.

Num plano de ação ainda mais dilatado, ele vinha desenvolvendo gestões para que se viabilizem investimentos de exploração de petróleo na região polarizada por Sousa e outras partes do Sertão paraibano – inclusive cogitando a instalação de uma gerência da Petrobras, na cidade -, e vinha tendo efetiva participação nos debates em torno da transposição de água do Rio São Francisco.

Iniciativa privada – Por fim, Wilson Braga enfatizou a inata vocação de Salomão Gadelha, também para a iniciativa privada. Lembrou que ele, ainda muito jovem, assumiu o gerenciamento dos negócios do pai, ex-deputado federal José de Paiva Gadelha, numa indústria de beneficiamento de algodão, em emissoras de radiodifusão e no ramo de hotelaria. Já mais adiante, Salomão ousa – como recorda o ex-governador paraibano – construir proeminente shopping center, em Sousa, surpreendendo toda a população de Sousa e, de um modo geral, da região sertaneja. “Se ele não pôde realizar, por inteiro, esse sonho seu, isso pouco importa; o que se conta, nesse caso, é que ele deixou um ideal de crescimento e de futuro plantada na consciência do valente e lutador povo da cidade de Sousa”, disse Braga, causando comoção a todo o plenário da Câmara, solidarizando-se, mais uma vez, com a família enlutada, nas pessoas do deputado federal Marcondes Gadelha, do presidente da Federação das Indústrias da Paraíba, Buega Gadelha, e do secretário de Infra-Estrutura do Estado, Renato Gadelha.

 

 

 

Ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador defende diálogo no PSB-PB e elogia as lideranças de RC e João Azevêdo

A polêmica envolvendo a dissolução do diretório estadual do PSB paraibano, adotada pelo presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, continua a movimentar os bastidores da política paraibana, enquanto há os…

PL de Vené proíbe taxa diferenciada por curso em inscrição para vestibular

Comissão do Senado aprova projeto de Veneziano que proíbe taxa diferenciada por curso, em inscrição para vestibular A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal (CE) aprovou o…