Por pbagora.com.br
Foto: Diorgenes Pandini / NSC

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta sexta-feira (6), em Florianópolis (SC), que Donald Trump “não é a pessoa mais importante do mundo”. Nesta manhã, o democrata Joe Biden passou o republicano em mais dois estados considerados chave para definir quem será o próximo presidente dos Estados Unidos — Pensilvânia e Geórgia.

“Eu não sou a pessoa mais importante do Brasil, assim como Trump não é a pessoa mais importante do mundo, como ele bem mesmo diz. A pessoa mais importante é Deus, a humildade tem que se fazer presente entre nós”, disse.
Bolsonaro torce pela reeleição de Trump. As projeções da imprensa americana, entretanto, têm apontado que Biden está mais próximo de vencer a disputa. Até as 13h, o resultado das eleições nos EUA ainda estava sendo apurado (acompanhe a apuração em tempo real aqui).

O democrata lidera em 3 dos 5 estados ainda em aberto – Georgia, Nevada e Pensilvânia. Se vencer em qualquer um desses 3, atinge os 270 votos no Colégio Eleitoral necessários para ser sagrado o novo presidente dos EUA.

Para conseguir se reeleger, Trump precisa reverter o resultado nos três estados e ainda ganhar na Carolina do Norte.

Sem citar os números, Bolsonaro afirmou ainda que assiste ao que acontece “na política externa” e que “em certos momentos somente uma coisa nos interessa e encoraja e nos fortalece, é Deus sempre acima de tudo.”

 

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Folha desmente Nilvan e diz que candidato falsificou reportagem para se colocar como favorito no 2º turno

Na tarde deste sábado, o jornal Folha de São Paulo desmentiu o candidato a prefeito em João Pessoa, Nilvan Ferreira (MDB), e o acusou de distorcer reportagem onde a Folha…

Cícero propõe novo centro comercial e diálogo com ambulantes e comerciantes informais

No terceiro bloco do debate da TV Cabo Branco, o candidato a prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), apresentou propostas para resolver a questão do comércio informal e dos…