Por pbagora.com.br

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do núcleo de homicídios da delegacia de Santa Rita, prendeu na noite dessa segunda-feira (15), por volta das 22h, Lambert Cabral Leal de Oliveira, de 51 anos, suspeito de ter assassinado o professor José Alves Dionísio, 61 anos, encontrado morto no dia 5 de abril em um matagal na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa. 

Segundo o delegado Aldrovili Grisi, que investiga o caso, o suspeito foi preso na Central de Polícia de João Pessoa no momento em que prestava depoimento. “Depois de coletarmos diversos depoimentos e evidências sobre a autoria requeremos o mandado de prisão temporária do acusado. Na noite de ontem quando ele foi prestar depoimento nós cumprimos o mandado expedido em desfavor de Lambert Cabral Leal de Oliveira, que confessou o crime”, esclareceu. 

Ainda segundo o delegado Aldrovili Grisi, as investigações apontaram para um relacionamento muito próximo do acusado com a vítima. “Todas as evidências davam conta de que o autor do crime conhecia muito bem a vítima e sua rotina diária. Isso foi confirmado através das oitivas de testemunhas e Lambert Cabral Leal de Oliveira era um amigo de longas datas do professor José Alves Dionísio. Além disso, outros fatos levaram à confirmação de ter sido ele o autor do crime”, disse. 

Apesar do suspeito ter confessado participação no crime, as investigações sobre o caso continuam. “Ainda não podemos dar muitos detalhes sobre a forma como aconteceu o delito. As investigações continuam e o caso ainda não está encerrado”, concluiu.

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

Suspeito de agredir avó para conseguir dinheiro para drogas é preso

Um homem de 33 anos foi preso na cidade de Alagoa Nova suspeito de agredir e ameaçar sua avó, de 83. De acordo com as informações policiais a agressão teria…

Homem que estava desaparecido é encontrado morto dentro de Banco, em Sousa

Um homem foi encontrado sem vida no interior da Agência da SICREDI, no Centro da cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba. De acordo com as informações ele estava desaparecido…