A Paraíba o tempo todo  |

Polícia Civil começa a ouvir depoimentos sobre desaparecimento de padre em JP

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O padre José Gilmar Moreira, de 46 anos, continua desparecido e desde ontem a polícia busca pista para localizar o paradeiro sacerdote. O delegado geral da Polícia Civil em João Pessoa, Luciano Soares, começou a ouvir testemunhas e pessoas próximas que viram o padre pela última vez antes dele desaparecer. O delegado disse que está buscando todas as informações que levem a polícia a localizar o padre.;

Padre José Gilmar Moreira, está desaparecido desde às 11h30 desta terça-feira (13). Ele é o responsável pela paróquia de Santa Teresinha, no Alto Róger, em João Pessoa (PB).

Segundo o vigário geral da Arquidiocese da Paraíba, Luís Júnior, ele saiu para acompanhar um velório, mas não chegou ao local.

Às 12h15, José Gilmar enviou uma mensagem para Luís Júnior com a palavra “socorro”. No entanto, Luís Júnior só visualizou a mensagem às 15h. Desde então, os amigos estão em busca do padre, que ainda não foi localizado.
Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Homicídios de João Pessoa. A Polícia Civil está em busca do padre, tentando rastrear seu celular. Ontem a Polícia Rodoviária Federal (PRF), identificou um carro semelhante ao que ele estava passou por volta de 12h pela BR-101, com sentido Recife. A PRF, que auxilia nas investigações, diz que está analisando filmagens para confirmar se realmente o veículo era o da paróquia.

SL
PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe