Foto: Reprodução / TV Cabo Branco

Mais dez fogueiras foram apagadas, na noite desse domingo (28), através da Operação São Pedro Sem Fogueiras, realizada de forma conjunta entre o Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), Superintendência de Administração do Meio Ambiente (SUDEMA) e Corpo de Bombeiros Militar. O trabalho terá continuidade nesta segunda-feira (29).

Apesar das chuvas registradas em várias localidades, a operação ainda encontrou e apagou oito fogueiras em Campina Grande e duas em Patos. Na Região Metropolitana de João Pessoa, nenhuma ocorrência foi registrada. Não houve aplicação de multas.

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) continuará com as fiscalizações sobre comercialização durante todo o dia dessa segunda-feira. À noite, em conjunto com a SUDEMA e Corpo de Bombeiros, as equipes estão nas ruas para cumprir a lei estadual nº 11.711, que proíbe fogueiras nos espaços urbanos da Paraíba, durante toda a pandemia, inclusive com previsão de multa no valor de R$ 517,00 para quem desobedecer. O objetivo é evitar os prejuízos à saúde da população que são causados pela fumaça das fogueiras, principalmente para as pessoas que têm doenças respiratórias e são do grupo de risco da covid-19.

Efeitos no São João – Na véspera e dia de São João, a operação combateu 102 fogueiras, em toda a Paraíba. Como consequência desse trabalho, as entradas de pacientes com queimaduras nos Hospitais de Emergência e Trauma de João Pessoa e Campina Grande tiveram uma redução de 75%, com 30 casos a menos em relação ao ano passado.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo entrega Residencial Pedra do Reino, em JP, e beneficia mais de 800 pessoas

O governador João Azevêdo fez a entrega simbólica, nesta terça-feira (7), no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, de 208 apartamentos do Residencial Pedra do Reino. As unidades habitacionais representam…

Localizado ponto usado pelo tráfico para armazenar armas e drogas

A Polícia Militar localizou uma casa abandonada que era usada pelo tráfico como ponto de apoio para armazenar armas e drogas, na comunidade do Castelinho, que fica na divisa das…