Por pbagora.com.br

Por manter o irmão, de 40 anos, que tem problemas mentais, em cárcere privado, no município de Sousa, Sertão da Paraíba, o idoso José Francisco da Silva, de 69 anos, foi indiciado. À polícia ele disse que o irmão é violento e que o manteve trancado para evitar agressões e violência a terceiros.

O doente mental ficou cerca de 30 dias trancado em uma casa sem condições adequadas para viver. O caso foi divulgado ontem, terça-feira (15).

A casa onde o homem era mantido em cárcere não tinha vaso sanitário e nem chuveiro. A entrada de ar e de luz se dava por um espaço na porta de entrada, semelhante a uma cadeia. Segundo a Polícia Civil, o idoso se apresentou na delegacia após saber das investigações.

“Ele foi qualificado e interrogado e vai responder por cárcere privado. A pena, caso condenado, pode variar de 4 a 10 anos”, informou o delegado Vicente Honório.
Em depoimento, o idoso ainda relatou que o irmão recebia cuidados no Centro de Atenção Psicossocial (Caps), mas que o local tinha parado o atendimento.

A direção da unidade de saúde repassou que a vítima deixou de ser levada pelo acusado e que o atendimento segue normalmente. A informação é do portal G1PB

 

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Focos de incêndio devastam vegetação em Mãe d’Água

Moradores que residem próximo ao Distrito de Santa Maria Gorete, em Mãe d’Água, Região Metropolitana de Patos, voltaram a denunciar que focos de incêndios estão consumindo a caatinga na área.…

Susto: carro invade área de lazer em condomínio de João Pessoa

Moradores de um condomínio, no bairro Cuiá, em João Pessoa, tiveram um susto no fim da tarde de ontem, sábado (24), após um veículo invadir a área de lazer do…