A Paraíba o tempo todo  |

Estado vai à Justiça contra flexibilizações em Bayeux, Cabedelo, Conde e Campina Grande

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Procuradoria-Geral do Governo da Paraíba entrou com ações para derrubar medidas mais flexíveis de decretos municipais das cidades de Bayeux, Conde, Campina Grande e Cabedelo.

Leia também:
João tentará derrubar na Justiça decretos menos rígidos de municípios paraibanos

O Estado solicita que as prefeituras sigam as regras mais rígidas do último decreto estadual para conter o avanço do novo coronavírus.

O governo quer que os bares e restaurantes fiquem fechados nos próximos dois fins de semana, como determinado no decreto.

Leia também:
Após CG, Justiça decide que Bayeux, Conde e Cabedelo também deverão cumprir decreto estadual

Nos municípios de Conde, Bayeux, Campina Grande, Cabedelo as gestões municipais liberaram as celebrações religiosas com a presença de fiéis, alegando que as igrejas são serviços essenciais.

O decreto estadual suspende qualquer celebração presencial. Mas permite  atendimentos individuais, gravações ou transmissões de missas e cultos pela internet.

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe