A Paraíba o tempo todo  |

João tentará derrubar na Justiça decretos menos rígidos de municípios paraibanos

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Em entrevista ao Correio Debate, nesta sexta-feira (12), o governador da Paraíba João Azevêdo (Cidadania) afirmou que a Procuradoria-Geral do Estado irá recorrer na Justiça contra decretos municipais com medidas mais flexíveis que o estadual.

Alguns municípios que “afrouxaram” medidas com relação ao decreto estadual são Campina Grande e Cabedelo que liberaram, por exemplo, cultos presenciais com 30% da capacidade dos recintos.

No decreto do Governo do Estado, a realização de missas, cultos e celebrações religiosas de maneira presencial está proibida.

Da redação com informações do Portal Correio

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe