Ex-presidente do PSB de João Pessoa, o professor Ronaldo Barbosa (sem partido) é um dos defensores do lançamento de uma candidatura apoiado pelo Governo João Azevêdo (sem partido) e sem a presença do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) interferindo. Para ele, o melhor embate será o da criatura contra o criador, se referindo aos nomes que eram da base do socialista, e que agora optaram por marchar ao lado do governador João, a exemplo do deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB) e do vereador Tibério Limeira (PSB).

“Pedimos para conversar com o governador, tanto eu quanto o professor Rubens, e não foi possível. Na última reunião que tivemos com o grupo, Tibério disse que estaria pronto para o desafio. Porque aqui em João Pessoa não vejo coisa melhor do que a criatura contra o criador. Vai ser uma briga boa”, disse.

De acordo com o ex-dirigente, apesar de entre os apoiadores do governador existirem blocos do campo democrático popular, de centro, liberal e até conservador, na Capital a a base é mais orgânica, ligada a movimentos sociais e à esquerda e assim deverá ser apresentado o nome, com esse perfil.

“No caso específico de João Pessoa nós temos uma base social mais orgânica, ligado aos movimentos sociais, mais à esquerda, e o candidato aqui na Capital tem que preencher esse perfil. Então acho que no primeiro momento os dois nomes apresentados (Hervázio e Tiério) é um bom início para a conversa, mas nós temos todo um trabalho a ser feito, com reuniões e plenárias para a gente discutir efetivamente”, ressaltou. As declarações repercutiram na Arapuan FM.

OUÇA

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CG: frota de ônibus vai ser suspensa no fim de semana

Devido o aumento da escala do novo coronavírus (Codiv 19), a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), decidiu suspender de vez o transporte público em Campina Grande nos finais…

Missas da Semana Santa serão celebradas sem participação do público, na PB

As celebrações da Semana Santa não terão a presença de fieis nas igrejas este ano devido a pandemia do novo coroanavírus (Covid 19). Depois de Campina Grande, a arquidiocese da…