Declaradamente favorável ao instituto da delação premiada, o presidente municipal do Cidadania em João Pessoa, o vereador Bruno Farias reforçou seu respeito a Operação Calvário, que tem como um dos principais alvos o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) sob suspeita de desvio de mais de R$ 130 milhões por meio das Organizações Sociais que geriam hospitais do Estado.

A resposta surgiu após o parlamentar ser indagado se teria medo da Operação que tem atormentado parte da cúpula girassol na Paraíba.

“Eu respeito a Calvário, eu respeito o Gaeco, eu respeito os interesses da Polícia Federal, do Ministério Público, porque eu entendo que estão fazendo um trabalho sério de depuração da vida pública em nosso Estado. Da Calvário o que eu tenho é respeito e prudência, porque não sei se é por conta de minha profissão, que sou advogado. Eu particularmente procuro fugir do jacobinismo jurídico-político que tomou conta de boa parte do país”, disse.

Sobre o instituto da delação premiada, Bruno, apesar de se dizer um defensor, ressaltou ser contrário aos pré-julgamentos e a execução sumária.

“Sou a favor. O que eu sou contra é do pré-julgamento, da execução sumária. Quem tem uma formação jurídica como eu tenho entende que contraditório e ampla defesa são postulados sagrados da nossa Constituição que não podem ser jamais ofendidos”, emendou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pagamento com desconto de 10% do IPVA de placa final 2 encerra hoje

Os proprietários de veículos de placa final 2 podem garantir o desconto de 10% do IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores), caso efetuem o pagamento na opção da…

Divulgados resultados preliminares do concurso nacional da Rede Ebserh

Brasília (DF) – As próximas etapas relativas ao concurso nacional da Rede Ebserh já foram definidas. Os gabaritos definitivos e os resultados preliminares do concurso nacional da Rede Ebserh foram publicados nesta…