A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Governo lança Plano Safra com incentivo à produção de grãos e práticas sustentáveis

O governo federal lança nesta quarta-feira (03) o Plano Safra, destinado a financiar a agricultura na temporada 2024-25. Neste ano, o plano vai buscar incentivar a produção de grãos como o arroz e práticas ambientais sustentáveis.

O lançamento vai ser feito em dois eventos no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O primeiro, pela manhã, é destinado ao Plano Safra para a agricultura familiar. À tarde, é o evento para o anúncio do montante do financiamento para os médios e grandes agricultores. No ano passado, o valor dessa modalidade foi de R$ 364 bilhões. O Ministério da Agricultura prevê valor maior para 2024-2025.

Os financiamentos do Plano Safra são concedidos com juros menores que os de mercado. Segundo o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, o Safra 2024/25 terá R$ 475,56 bilhões em recursos disponíveis para financiamentos de pequenos, médios e grandes produtores.

O valor é 9% maior que o ofertado na safra anterior, de R$ 435,8 bilhões. Do montante, R$ 400,585 bilhões serão destinados para a agricultura empresarial e R$ 74,98 bilhões para a agricultura familiar. O presidente Lula afirmou que “há uma política de financiamento do governo extraordinária” para o agronegócio.


Segundo divulgado, o custo com equalização de juros do Plano Safra terá um aumento de 23%, totalizando R$ 16,7 bilhões. Para a agricultura empresarial, o Tesouro Nacional destinará R$ 6,3 bilhões para equalização de juros, em comparação aos R$ 5,1 bilhões da safra atual.

O governo federal deve também somar fontes de crédito rural para aplicação em Cédulas de Produto Rural (CPRs) no número geral do Plano Safra 24/25. Com isso, o valor total de recursos disponibilizados aos produtores no período de julho de 2024 até o fim de junho de 2025 será de R$ 582 bilhões.

Redação

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe