Por pbagora.com.br

O secretário de Estado da Saúde, José Maia de França, determinou na manhã desta segunda-feira, 09, a realização do pagamento dos serviços prestados pelos médicos cooperados, em atraso desde dezembro do ano passado. O secretário informou que o setor financeiro da Secretaria de Estado da Saúde (SES) já está adotando as providencias necessárias visando regularizar os débitos da gestão anterior com os médicos cooperados e prestadores de serviços da rede pública hospitalar estadual.

José Maria de França esclareceu que o atraso no pagamento dos médicos cooperados se deu em virtude de problemas herdados da gestão anterior e que só agora foram contornados pela atual administração. “Estamos reorganizando tudo, pois encontramos uma situação muito difícil. Dívida com fornecedores, atraso no pagamento de remuneração médica e contratos em atraso com as cooperativas. Mas, graças à sensibilidade do governador José Maranhão, começamos a superar essas dificuldades”, destaca.

Em virtude dos débitos deixados pela gestão anterior desde o mês de dezembro, os médicos ligados à Cooperativa dos Cirurgiões da Paraíba estavam programando para esta terça-feira, (10), a suspensão das cirurgias eletivas e o atendimento ambulatorial realizados no hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e no hospital Infantil Arlinda Marques.

Com a quitação dos débitos por parte da atual gestão, o movimento deve ser suspenso e o atendimento nessas unidades fica mantido normalmente.
O secretário José Maria de França lembra que a saúde pública, conforme o próprio governador José Maranhão já assegurou, voltará a ser prioridade na Paraíba, pois é compromisso da atual administração reconstruir o sistema de saúde, especialmente a rede hospitalar. “Nosso compromisso é com a reconstrução da saúde pública na Paraíba”, garante.
 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Brasil tem 5,3 milhões de casos confirmados de Covid, com médias de casos e mortes em estabilidade

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta…

Capital terá centro especializado em AVC e infarto, garante Cícero Lucena

João Pessoa vai ter uma unidade especializada para o tratamento das vítimas de acidente vascular cerebral (AVC) e infarto, garantindo uma recuperação eficaz e evitando agravamento do quadro. Segundo o…