Por pbagora.com.br

Após um período de desabastecimento, por parte do Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde de Campina Grande retomou nesta semana a aplicação da vacina pentavalente, que protege contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite.

As doses estão sendo ofertadas nos Centros de Saúde do Catolé, Bela Vista, Liberdade, Palmeira, São José da Mata e Galante. O esquema vacinal é dividido em três doses, aplicadas aos 2, 4 e 6 meses de vida.

Os pais ou responsáveis precisam levar o cartão de vacinação das crianças. A aplicação da imunização não é indicada para crianças que estejam com febre.

“É fundamental que os pais vacinem seus filhos porque essa vacina é super importante e passamos por um período de desabastecimento”, lembrou a coordenadora Municipal de Imunização, Miralva Cruz.

Vacina contra o sarampo – Além dessa vacina, os pais também precisam estar atentos à campanha de vacinação contra o sarampo, que está acontecendo. O objetivo é imunizar todas as crianças, menores de 5 anos de idade. Estão sendo ofertadas a dose zero para crianças de 6 até 11 meses e as doses 1 e 2 para crianças de 12 e de 15 meses, respectivamente.

Aquelas crianças que não se vacinaram na faixa etária correta, mas que têm menos de 5 anos de idade, podem se vacinar. E no próximo sábado, dia 19, será realizado o dia D de Vacinação em várias unidades de saúde da cidade.

 

Assessoria

Notícias relacionadas

Brasil bate recorde de mortes por Covid-19 registradas nas últimas 24 horas

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta…

Vacinação: PL de Santiago quer pessoas com síndrome de Down em grupo prioritário 

A Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down aponta que no Brasil existe uma média de 270 mil pessoas com síndrome de Down. O número chama a atenção para…