Foto: Secom

Nesta sexta-feira (6), o programa Opera Paraíba chegou ao Hospital Geral de Mamanguape, proporcionando mais qualidade de vida para 10 pacientes que aguardavam por cirurgias de colecistectomia e histerectomia. Inicialmente, a região do Vale do Mamanguape não integrava a rota de localidades que receberiam a força-tarefa. Essa inclusão possibilitou uma ampliação do número de procedimentos realizados, bem como o aumento da quantidade de municípios assistidos, já que, na ocasião, foram beneficiados moradores de Capim, Pedro Régis, Jacaraú, Curral de Cima e Mamanguape.

Acolhidos pela equipe da unidade de saúde, os pacientes tiveram a oportunidade de esclarecer dúvidas acerca do funcionamento do programa e do próprio complexo hospitalar, que está de portas abertas para receber de forma ética e humanizada toda a população da região, como explicou Daniel Gonçalves, diretor-geral da instituição. “Nosso objetivo é trazer para população do Vale um serviço cada vez mais completo e eficiente. Por meio deste programa, por exemplo, tivemos a oportunidade de diminuir a espera pelos procedimentos, à medida que evitamos que estes pacientes tivessem que se deslocar para João Pessoa, fortalecendo uma gestão participativa e focada nas necessidades dos assistidos e da região”, afirmou.

Foto: Secom

A dona de casa Maria da Piedade, 45 anos, moradora de Mamanguape, foi uma das beneficiadas pelo programa. Ela contou que aguardava há quatro meses pela cirurgia para a retirada de um mioma. “Já tinha uns meses que eu esperava por essa cirurgia, mas agora, graças a Deus, eu consegui e está dando tudo certo, estou sendo muito bem cuidada aqui, amanhã volto boa para casa”, declarou a paciente.

Com a meta de beneficiar mais de 12 mil paraibanos em 36 tipos de cirurgias, o programa Opera Paraíba pretende reduzir a fila de espera por cirurgias eletivas no Sistema Único de Saúde (SUS). Ao todo, mais de 12 hospitais da Rede Estadual estão participando do programa.

O Hospital Geral de Mamanguape conta atualmente com 70 leitos, e presta atendimento de urgência e emergência, oferecendo aos pacientes exames laboratoriais, eletrocardiograma e raio-X. Quase 500 profissionais estão envolvidos no funcionamento da unidade, que presta atendimento aos moradores dos municípios que compõem a região do Vale do Mamanguape: Rio Tinto, Pedro Régis, Mamanguape, Baía da Traição, Capim, Cuité de Mamanguape, Curral de Cima, Itapororoca, Jacaraú, Marcação e Mataraca.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Familiares de pacientes com coronavírus na PB ficam isolados, mas não fazem testes

Por determinação da Secretaria de Saúde do Estado, os familiares de pacientes com coronavírus na Paraíba est]ao isolados, mas não fazem testes. Os testes são realizados apenas em pacientes hospitalizados,…

Secretaria de Saúde confirma 2º caso de novo coronavírus em Campina Grande

O segundo caso de novo coronavírus foi confirmado em Campina Grande, na manhã deste sábado, 28, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). No boletim divulgado pela SES, quatro novos…