Por pbagora.com.br

Os profissionais da área de transporte foram incluídos nos grupos prioritários para receber a vacina contra a Covid-19 no Brasil. Segundo o Ministério da Infraestrutura, serão contemplados trabalhadores dos serviços de transporte terrestre, aéreo, ferroviário e aquaviário. A data ainda será divulgada, após definição do cronograma do Ministério da Saúde.

A escolha levou em conta que as categorias de transportes fazem parte dos grupos de maior exposição ao vírus e não puderam suspender atividades durante a pandemia. Fazem parte dessa prioridade os caminhoneiros, portuários, funcionários das companhias aéreas nacionais, funcionários de empresas metroferroviárias de passageiros e de cargas, funcionários de empresas brasileiras de navegação e motoristas e cobradores de transporte coletivo rodoviário.

Os trabalhadores precisam comprovar vínculo com a área de transporte por meio de documentação para ter acesso às primeiras doses da vacina. A campanha de vacinação contra a Covid-19 começou segunda-feira (18) com a imunização do primeiro grupo prioritário, formado pelos trabalhadores de saúde, pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas, pessoas com deficiência institucionalizadas e população indígena aldeada. Entre categorias profissionais, funcionários das forças de salvamento e segurança, forças armadas e trabalhadores da educação também serão incluídos nas próximas fases.

PB Agora

Notícias relacionadas

Começa aplicação da 2ª dose da vacinação contra Covid-19 para os acamados em JP

Começa nesta quarta-feira (24), a aplicação da 2ª dose da vacinação contra Covid-19 para os acamados do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), em João Pessoa. Os técnicos envolvidos no processo…

Prefeito de Cabedelo propõe grande jejum na Paraíba contra Covid-19

Um grande jejum coletivo. Essa é a proposta feita pelo prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, aos políticos e à população da Paraíba,  no dia 15 de março, “em prol da guerra…