Por pbagora.com.br

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, confirmou durante transmissão ao vivo que a farmácia do Hospital Pedro I está distribuindo medicamentos como azitromicina e ivermectina a pacientes com os primeiros sintomas de Covid-19. Os remédios não têm eficácia comprovada contra a doença, e a Associação Médica Brasileira (AMB) pediu o banimento do uso.

Secretaria de Saúde de Campina Grande existe um protocolo para distribuição de medicamentos a pacientes com sintomas de Covid-19 desde o ano passado, ainda na gestão anterior, mas ponderou que a palavra final é sempre do médico. Todas as unidades de saúde possuem os medicamentos azitromicina, ivermectina, predsim e cloroquina e é decisão dos médicos receitá-los ou não.

A Secretaria informou ainda que os medicamentos são distribuídos gratuitamente e visam permitir o tratamento de quem não precisa de internação. Além disso, destacou que, de todos os remédios, a cloroquina é menos receitada que as demais drogas.

Redação

Notícias relacionadas

CG registra 17 novos casos, 4 óbitos e 25 altas por covid nas últimas 24h

A Secretaria de Saúde de Campina Grande registrou, neste domingo, 17 de abril, 17 novos casos, classificados como positivos de covid, no Município, totalizando 26.993 casos. Nas últimas 24 horas,…

JP reforça vacina de quem tomou 1ª dose até 14 de março; e imuniza pessoas a partir de 56 anos

A Prefeitura de João Pessoa segue imunizando com a dose de reforço da vacina Butantan/Coronavac contra a Covid-19 e, nesta segunda-feira (19), atende a população que tomou a primeira dose…