A Paraíba conseguiu reduzir o número de casos de arboviroses em cerca de 6,6% em um ano. É o que aponta relatório da Secretaria de Saúde do Estado (SES). Até a sétima semana de 2020, foram feitos 767 registros de dengue, zika ou chikungunya, doenças causadas pelo mosquito aedes aegypti. Já no mesmo período de 2019, foram 818 notificações. Os dados foram divulgados em um boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Estado da Saúde nesta segunda-feira (2).

Mesmo com a redução no número de casos, o estado foi apontado pelo Ministério da Saúde (MS) como uma das regiões com risco de surto do vírus da dengue neste ano.

Em 2020, já foram registrados 667 casos prováveis de dengue, 85 de chikungunya e 15 de zika.
Conforme o boletim da SES, a maior parte dos casos notificados se concentra nos municípios do Conde, João Pessoa, Santa Rita, Monteiro, São João do Tigre, Zabelê, Bom Jesus, Bernadino Batista e Santarém.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sai 3ª lista de convocação de selecionados para atuar contra o coronavírus na PB

Na luta para combater o novo coronavírus, a Secretaria de Estado de Saúde divulgou a terecira convocação de profissionais de saúde selecionados na chamada pública estadual para atuar contra o…

Covid-19: profissionais da saúde da PB orientam mulheres grávidas

Diante da pandemia de Covid-19, doulas, enfermeiras obstetras e parteiras têm relatado o crescimento da procura de gestantes pelo parto domiciliar. No entanto, especialistas consultados pelo portal relatam um projeto…