O Sindicato dos Médicos de Campina Grande e Região, divulgou nota onde informa que os Médicos prestadores de serviço dos Hospitais Pedro I, Hospital Municipal Dr.Edgley, Hospital da Criança, UPA Dinamerica e UPA Alto Branco, paralisarão suas atividades por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira (18) e que apenas serão mantidos os atendimentos de urgências e emergências.

O comunicado informa ainda que em cumprimento a legislação vigente será mantido o efetivo de 30% para os atendimentos. 

A justificativa para a paralisação é de que foram realizadas varias tentativas de acordo com a Secretária Municipal de Saúde com objetivo regularização dos constantes atrasos salariais (os profissionais da saúde alegam que estão há 60 dias sem salário).

Também em nota a Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande declarou ter recebido a notícia da pralisação com surpresa e que não havia recebido nenhuma comunicação oficial por parte do sindicato.

A Secretaria de Saúde informou também que os profissionais da rede hospitalar pública municipal foram comunicados que os pagamentos dos plantões médicos em atraso serão realizados de forma escalonada a partir da próxima semana. E assegurou à população que todos os serviços da rede de média e alta complexidade estão funcionando normalmente e que todos os médicos efetivos, contratados, assim como aqueles que não possuem vínculo (contratados por chamamento público) estão cumprindo regularmente seus plantões.

PB Agora

Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Risco de surto no país faz Paraíba emitir alerta contra sarampo

A Secretaria de Estado da Saúde emitiu um alerta aos serviços de saúde para casos suspeitos de sarampo, embora a Paraíba apresente somente um caso em investigação. O cuidado se…