A Paraíba o tempo todo  |

Estado institui, na prática, ‘passaporte sanitário’ para entrada de público em shows e eventos esportivos

O Governo do Estado, no novo decreto de combate à pandemia de covid-19, publicado nesta quarta-feira (29), instituiu, na prática, o “passaporte sanitário” para a entrada do público em eventos esportivos e shows e espetáculos em geral. Isso porque, para ter acesso aos locais, será necessário apresentar a carteira de vacinação em papel ou digital que certifiquem o recebimento de primeiras doses há pelo menos 14 dias (mais o teste PCR negativo com menos de 72h do evento) ou a as duas doses da vacina.

Em entrevista a uma rádio local, Geraldo Medeiros explicou que a decisão para a abertura de público nos eventos é “lenta e gradual” e obedece a “protocolos rígidos”.

“Esse é um momento que nos encoraja através dos indicadores epidemiológicos de promover uma abertura lenta e gradual, dentro de protocolos rígidos, e uma das alternativas foi a abertura de espectadores nos campos de futebol em 20% da capacidade e a obediência desses dois regramentos. Você tem que apresentar a carteira de vacinação com a primeira dose 14 dias após e, além disso, você tem o teste do PCR pelo menos 72 horas antes do evento”, resumiu.

Um dos primeiros eventos a ser conduzido com essas diretrizes é o jogo entre Botafogo da Paraíba e Ituano, pela segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro. A venda de ingressos para o evento começará amanhã.

Geraldo criticou, ainda, o show do cantor João Gomes em Baía da Traição e lamentou que, numa cidade de população majoritariamente indígena, jovens de outras etnias tenham se aglomerado sem o uso de máscaras.

“Nos preocupamos com o que ocorreu ontem em Baía da Traição que é um território indígena, cuja legislação e abrangência pertencem aos órgãos federais, mas os cenários que nós visualizamos vão preocupantes porque ali naquele cenário não havia população indígena, havia jovens sem máscara, aglomerados em um quantitativo muito grande”, lamentou.

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      14
      Compartilhe