Por pbagora.com.br
 
 

A Prefeitura de João Pessoa aplicou a segunda dose da CoronaVac/Butantan em 5 mil pessoas durante a primeira madrugada do “corujão da vacinação”. O programa de aceleração da aplicação dos imunizantes foi iniciado pelo poder público em decorrência da chegada dos imunizantes neste sábado (24), após um longo atraso nos repasses do Ministério da Saúde. O esforço concentrado iniciado ontem vai até as 20h deste domingo (25). Ao todo, chegaram mais de 28 mil doses do imunizante neste sábado.

O envio das doses extras é reflexo de decisão da Justiça Federal, que determinou ao Ministério da Saúde o fornecimento de vacinas suficientes para garantir o estabelecido na bula dos medicamentos. Nela, em relação à CoronaVac, o prazo para que se tome a segunda dose vai de 14 a 28 dias. Só que grande parte das pessoas que tomou a primeira está há mais de 40 dias esperando a segunda. Para que se cumpra a determinação judicial, o governo federal terá que enviar 59 mil doses do imunizante do Butantan só para João Pessoa.

Para todo o Estado, o Ministério da Saúde remeteu 75.100 doses neste sábado. Delas, 28 mil coube a João Pessoa. A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é que novas doses cheguem para que se avance na imunização das pessoas que estão com a vacinação em atraso e que se avance sobre as outras faixas etárias. Antes da crise da falta de vacinas, a capital tinha se tornado referência na imunização contra a Covid-19. As informações são do Blog do Suetoni.

 

Redação 

 
 
Notícias relacionadas

Morre mais uma idosa resgatada de abrigo irregular, em João Pessoa

Morreu mais uma idosa que havia sido resgatada de abrigo irregular, em João Pessoa. Ela estava internado no Hospital Padre Zé desde o último dia 7 de abril, quando foi…

Brasil registra 1.018 mortes por Covid e chega a 423,4 mil

O Brasil registrou 1.018 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta segunda-feira (10) 423.436 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos…