A Paraíba o tempo todo  |

Covid-19: compreensão de paraibanos pode evitar “terceira onda” na Paraíba

A Paraíba tem registrado um aumento de casos e mortes pela Covid-19 que podem indicar uma terceira onda da doença na Paraíba entre os meses de junho e julho, sobretudo pela mudança comportamental de muitos paraibanos, que têm ignorado os cuidados com a doença e se aglomerado demasiadamente. Segundo o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, para evitar que novas medidas restritivas sejam adotadas, é fundamental que a população colabore.

“A Paraíba, há 14 dias, apresentava um índice de duplicação viral de 0,98. Hoje nós temos esse índice de 1,01, ou seja, 100 pessoas contaminadas contaminam mais 101 paraibanos. Além disso, na primeira semana de maio tivemos 69 internações, já na segunda semana esse número subiu para 79. Daí o alerta a todos os paraibanos no sentido de que poderemos ter um incremento no mês de junho e julho de casos novos confirmados e de mortes em decorrência da Covid-19”, alertou.

De acordo com o secretário, é essencial que já hoje, como também neste final de semana, as pessoas, sempre que possível, fiquem em casa e evitem lugares públicos com aglomeração.

“É importante nesta sexta-feira e durante todo o final de semana que as pessoas, sempre que possível, fiquem em casa, evitem ir a espaços públicos, se aglomerar, porque é fundamental neste momento a colaboração de todos os paraibanos e paraibanas procurando evitar aglomerações, usando máscara e a higiene pessoal”, emendou.

Conforme dados divulgados pela Secretaria de Saúde, a ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 63%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 57%.

Em Campina Grande estão ocupados 69% dos leitos de UTI adulto e no sertão 88% dos leitos de UTI para adultos.

De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 77 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 770 pacientes estão internados nas unidades de referência.

 

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      24
      Compartilhe