Por pbagora.com.br

O Covid -19 avança em Campina Grande e preocupa população e autoridades. A cidade está em “quarentena” há mais de um mês. Por conta da pandemia, que mudou a rotina do mundo, o Centro comercial está fechado, as escolas e universidades suspenderam as aulas e os shoppings estão desertos. Apenas os serviços essenciais estão funcionando e com as devidas medidas de restrições impostas pelas autoridades sanitárias e epidemiológicas . No entanto, mesmo com as medidas de restrições, filas tem sido registradas nas agências bancárias devido a grande procura da população pelo auxílio emergencial.

O Covid 19 se espalhou por 13 bairros da Rainha da Borborema. Campina Grande é a segunda maior cidade com número de infectados perdendo apenas para João Pessoa. A Secretaria Estadual de Saúde confirmou 30 casos, mas esses números devem ter subido nas últimas horas. As pessoas infectadas com o novo coronavírus estão nos bairros do Bodocongó, Catolé, Centro, Estação Velha, Jardim Paulistano, José Pinheiro, Liberdade, Malvinas, Mirante, Novo Cruzeiro, Presidente Médice, Serrotão, Velame e Zona Rural.

A Paraíba tem 543 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas neste domingo (26). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 50 no estado desde o início da pandemia. A cidade de Esperança registrou seu primeiro caso.

Foram registrados 36 novos casos em João Pessoa, 3 em Santa Rita, 3 em Cabedelo, 1 em São Bento e 1 em Esperança.
Uma nova morte foi confirmada nas últimas 24 horas, a de um homem de 37 anos, residente em Santa Rita. O paciente era cardiopata e diabético e deu entrada no serviço público com quadro grave, febre alta.

Severino Lopes
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Estudo feito pela Fiocruz alerta que Covid-19 pode causar danos cerebrais

Um estudo realizado no Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz), em parceria  com o Instituto D’Or (Idor) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), indicou que o…

Pandemia: secretário de Saúde destaca exemplo desastroso dos EUA e diz que não há projeção para volta das aulas na PB

O Secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, voltou a rechaçar, durante entrevista concedida à Arapuan FM, na tarde de ontem, terça-feira (21), que não há perspectiva de retorno de encontros…