Por pbagora.com.br
 
 

Durante reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em Brasília, o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros propôs um projeto piloto de soro prevalência no estado, e de vacinação em massa no município de Sousa, no Sertão.

De acordo com o auxiliar do governador João Azevêdo, esse trabalho seria similar a que está sendo feita em Botucatu, no estado de São Paulo e envolveria todos os habitantes acima dos 18 anos com testes e vacinas.

Geraldo declarou, durante entrevista à rádio Correio, que o motivo da escolha ser a cidade de Sousa é o alto índice de

“Em decorrência da taxa de replicação viral em Sousa que está muito elevada, em torno de 3.35, isto é, 100 pessoas em Sousa contaminam 335 outras pessoas” apontou.

Ainda conforme Geraldo seriam testados com os antígenos rápidos, toda população acima de 18 anos e posteriormente haveria a vacinação dessa população.

PB Agora

 
 
Notícias relacionadas

Brasil registra 928 novas mortes por Covid em 24 horas

O Brasil registrou 928 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta segunda-feira (14) 488.404 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos…

Covid: Bayeux e Santa Rita reduzem idades para vacinação; veja os locais

A campanha de imunização contra a Covid-19 continua reduzindo a idade do público-alvo nos municípios de Bayeux e Santa Rita. Hoje (15), a primeira dose é oferecida às pessoas com…