Por pbagora.com.br

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa realizou, durante o fim de semana, 306 atendimentos, sendo que 139 foram considerados casos graves ou gravíssimos. Nesse período, a unidade de saúde realizou 48 procedimentos cirúrgicos de alta e média complexidade, equivalem a 27 de emergências e 21 eletivas. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir das 18 horas da sexta (31) até às 8 horas desta segunda-feira (3).

Durante o fim de semana, as ocorrências envolvendo acidentes de motocicletas lideraram as entradas da emergência, com 75 casos, superando quedas (72). Outros casos de emergência registrados na unidade de saúde foram corpo estranho (30), trauma (17), acidente de automóvel (nove), atropelamento (oito), agressão física (oito), queimadura (seis), corte (quatro), arma branca (três), arma de fogo (três), pancada (três) e acidente de bicicleta (um). As demais ocorrências foram clínicas com destaques para Acidente Vascular Cerebral (22) e Acidente Vascular (cinco).

O bairro de Mangabeira lidera os atendimentos com 15 entradas, seguido por Manaíra (11), Pedro Gondim (nove), Valentina (oito), e Oitizeiro (sete). Já em relação aos municípios Santa Rita lidera com (24), Bayeux (17), Cabedelo (nove), Mamanguape (sete) e Alhandra (cinco).

Perfil – O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena atende casos de urgência e emergência, contudo, muitos procuram a instituição para atendimentos clínicos, não levando em consideração o tipo de assistência prestada pela unidade de saúde, voltado para situações de média e alta complexidade, a exemplo de vítimas de trauma (acidentes e desastres), violência, queimadura, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e hemorragias digestivas.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB registra 597 novos casos de covid-19 mais 10 novos óbitos

Neste sábado (26), a Secretária de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB) registrou, em seu boletim epidemiológico, mais 597 novos casos da Covid-19. O boletim aponta ainda 10 óbitos confirmados…

Dia do idoso: pandemia, saúde mental e física são desafios

Antes da pandemia, a ex-bordadeira de richelieu Dirce de Souza Rodrigues, de 64 anos, ia toda semana dançar no forró do Clube da Terceira Idade, na cidade de Muriaé, interior…