Já pensando em 2014, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), garantiu que o PMDB na Paraíba continua forte, coeso e com quadros importantes em todas as regiões do Estado, o que o credencia para o pleito que se avizinha.

Vital observou que as mais expressivas lideranças políticas do Estado, estão filiadas ao PMDB, que continua o maior partido da Paraíba. O senador assegurou que a legenda terá potenciais candidatos a Assembleia Legislativa e a Câmara Federal no pleito de 2014, devendo portanto, ampliar a sua bancada nas duas Casas legislativas. Ele também lembrou que o PMDB tem um pré-candidato forte ao governo do Estado, que é o ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rêgo.

Vital enfatizou que o PMDB é o único partido da Paraíba que tem diretórios nos 223 municípios do Estado; detêm o maior número de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, uma base forte na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal, e um Senador da República. Além do mais, o partido conta com o vice-presidente da República, Michel Temer, e, pela sexta vez, desde a Constituição de 1988, ocupa os comandos da Câmara e do Senado.

“Hoje a situação do PMDB é confortável. Temos em nossos quadros vereadores, prefeitos, ex-prefeitos e deputados que se somam ao exército da paz e do bem. O PMDB é o maior partido do Brasil, o maior da Paraíba e está fortalecido” comentou.

Em Campina Grande, particularmente, o partido segundo ele, está passando por um processo administrativo, realizado a cada dois anos, com uma comissão provisória, presidida pela deputada Nilda Gondim.

Para ele, a perda de vereadores na cidade, para outros partidos, é um processo natural e não julga as decisões tomadas pelos parlamentares.

– O PMDB não caduca nunca e é o maior partido da Paraíba e tem sede e diretórios em todos os municípios, quer com comissão provisória, quer com diretório estabelecido. É um partido que tem um candidato a governador e absolutas chances de vitória. Para o ano de 2014 a perda de parlamentares foi uma ação que não se reserva apenas ao PMDB. Em Campina Grande perdemos na proporção da necessidade de membros da cidade, por algum tipo de conveniência que só cabe a eles responder – afirmou o senador paraibano.

Em relação a alianças, ele disse que o partido deverá se coligar com todas as legendas que fazem oposição ao governo do PSB, e sonham com uma nova Paraíba, livre da opressão e da perseguição do atual mandatário do Palácio da Redenção.

PBAgora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Conversa entre Tovar e Romero deve bater martelo sobre retorno de tucano à PMCG e vacância na ALPB

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), comentou em entrevista a uma emissora de Campina nesta segunda-feira (21), a especulação de que assumiria uma secretaria na gestão do prefeito Romero…

PSDB Mulher realiza encontro no próximo domingo, em João Pessoa

O PSDB Mulher realiza no próximo domingo (27), em João Pessoa, um encontro para discutir o cenário político estadual e os desafios da representação feminina. O evento que acontece no…