Por pbagora.com.br

A violência está atingindo a todos sem distinção e em qualquer lugar, não só na Paraíba. Crítico ferrenho da gestão de Ricardo Coutinho (PSB), o deputado estadual Janduhy Carneiro (PEN) foi assaltado e não foi em terras paraibanas. O parlamentar, seu motorista e seu filho foram vítimas de assalto em um posto de gasolina localizado na cidade  de Assu, no interior do Rio Grande do Norte.

 

Janduhy contou como foi a ação dos bandidos e de como agiu diante do terror da violência quando voltava no domingo a noite de Fortaleza em direção a João Pessoa.

 

"O motorista foi ao banheiro e ao perceber isso o bandido se aproximou do veículo e anunciou o assalto. O acusado parecia estar drogado. Conversei com ele dizendo que faria o que ele dissesse. Ele pediu meus pertences e eu entreguei. O motorista voltou e viu a ação, mas logo foi surpreendido por outro bandido que lhe deu uma coronhada e foi levado ao veículo, uma SW4".

 

O bandido, contou o deputado, quis levar o carro, mas a chave não saiu e ainda alarmou o veículo. Depois ele ficou mais irritado ao constatar que a carteira não tinha dinheiro. Mandaram o político sair da SW4 e que não olhasse para os acusados. Neste momento ele viu a arma apontada para si pensou que ia ser morto. Ele confidenciou ainda que todos foram ameaçados de morte, mas os bandidos fugiram e não fizeram mais nada. 

 

O carro depois foi abandonado e recuperado próximo a um conjunto residencial nas localidades do posto. Os assaltantes ainda não foram localizados.

 

PB Agora