A vereadora Nadirgerlane Rodrigues (MDB) informou que deve protocolar na próxima terça-feira (12) na Câmara Municipal de Patos um pedido de abertura do processo de impeachment contra o prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB). De acordo com a parlamentar, o gestor teria gasto cerca de R$ 1,6 milhão a mais com os festejos juninos da cidade em 2017 sem autorização da Câmara.

Nadirgerlane afirmou que o Poder Legislativo municipal se posicionará sobre a legalidade ou não da iniciativa adotada por Dinaldinho. A vereadora lembrou que a Câmara autorizou apenas gastos na ordem de R$ 400 mil para o São João de Patos do ano passado.

A denúncia foi apresentada pela vereadora Lucinha, que de acordo com Nadirgerlane, comprovou que Dinaldinho fez despesas susperiores ao estabelecido pelo parlamento de Patos.

A parlamentar garantiu que quatro vereadores oposicionistas e três da base do prefeito devem assinar o pedido de abertura do processo de impeachment.

 

PB Agora
do Portal Mais Patos

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Raoni Mendes apresenta integrantes de equipe para construção do plano de metas

O pré-candidato à prefeitura de João Pessoa, Raoni Mendes (DEM), anunciou, nesta quinta-feira (9), novos nomes que vão compor sua equipe para a construção do Plano de Metas e que…

Presidente do PT-PB aponta “guerra das oligarquias” dentro do grupo de Romero

Por meio das suas redes sociais o presidente estadual do PT-PB Jackson Macedo voltou ontem (09), a usar uma matéria do portal, para expressar seu lamentos sobre o que estipulou…