A vereadora Nadirgerlane Rodrigues (MDB) informou que deve protocolar na próxima terça-feira (12) na Câmara Municipal de Patos um pedido de abertura do processo de impeachment contra o prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB). De acordo com a parlamentar, o gestor teria gasto cerca de R$ 1,6 milhão a mais com os festejos juninos da cidade em 2017 sem autorização da Câmara.

Nadirgerlane afirmou que o Poder Legislativo municipal se posicionará sobre a legalidade ou não da iniciativa adotada por Dinaldinho. A vereadora lembrou que a Câmara autorizou apenas gastos na ordem de R$ 400 mil para o São João de Patos do ano passado.

A denúncia foi apresentada pela vereadora Lucinha, que de acordo com Nadirgerlane, comprovou que Dinaldinho fez despesas susperiores ao estabelecido pelo parlamento de Patos.

A parlamentar garantiu que quatro vereadores oposicionistas e três da base do prefeito devem assinar o pedido de abertura do processo de impeachment.

 

PB Agora
do Portal Mais Patos

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Aguinaldo Ribeiro trabalha para que Cláudio Régis assuma cadeira na ALPB

O deputado federal, Aguinaldo Ribeiro, conhecido, nacionalmente, pela habilidade de articulação política, decidiu se movimentar na Paraíba para fortalecer o Progressistas e prestigiar os aliados no Estado. Aguinaldo foi o principal…

Mais um filiado ao PSL/PB ignora Julian e admite deixar legenda se Bolsonaro sair da sigla

Apesar de o deputado federal Julian Lemos, atual presidente do PSL na Paraíba, atestar que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não tem intenção de se desfiliar da legenda diante do…