A proposta da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2020, da Prefeitura Municipal de João Pessoa, apesar de já está com prazos vencidos de apresentação na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), foi defendida na última quinta-feira (10), pelo presidente da Comissão de Finanças, o vereador Damásio Neto (PP), bem como pelo vereador Dinho.

.Apesar de a Lei Orgânica determinar que precisa ser enviada até 30 de setembro, até A última sessão da semana a matéria sequer havia chegado ao Poder Legislativo Municipal. “Precisamos preparar e realizar audiências públicas, mas até agora ainda não recebemos”, afirmou, Damásio Neto (PP) ao acrescentar que espera que a Prefeitura faça isso nos próximos dias.

Membro da comissão há mais tempo, o vereador Dinho informou que o atraso deve estar relacionado ao fato de o Poder Executivo ainda precisar a última plenária de discussão em alguma comunidade e que, além disso, há também os encaminhamentos de Emenda Impositivas que também devem ter contribuído para o atraso.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Wallber Virgolino critica imprensa e quer instalar ‘CPI do Toco’ na ALPB

CPI do Toco/Imprensa. Essa foi a denominação usada pelo deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas) para defender a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).…

Governador inaugura hoje UTI para idosos vítimas de queda e acidentes de trânsito

O governador João Azevêdo inaugura, hoje (17), às 9h, 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva – Centro de Trauma do Idoso, o primeiro serviço de traumato-ortopedia do idoso do…