Por pbagora.com.br

 A audiência pública proposta pelo vereador Renato Martins (PSB)para discutir a regularização dos agentes comunitários de saúde acabou em uma grande confusão na tarde desta terça-feira (12). O secretário de saúde do município Adalberto Fulgêncio estava presente.

Historicamente dentro da Casa de Napoleão Laureano, quem propõe a audiência é quem preside, e os problemas aconteceram quando o vereador Benilton Lucena (PT), aliado do prefeito Luciano Cartaxo, no meio da audiência “tomou” a presidência que estava com Renato Martins, que é opositor ao governo petista. O oposicionista visivelmente irritado, deixou o plenário.

A atitude de Benilton causou muita revolta entre os agentes de saúde, que já não veem o vereador com “bons olhos” devido a algumas declarações do petista que diziam que eles eram “baderneiros”.

Após a confusão, o vereador petista precisou ser escoltado pelos seguranças da Casa. Após a saída de Benilton, os agentes de saúde concordaram que o vereador Lucas de Brito Pereira (Fractal) assumisse a presidência da audiência, desde que a TV Câmara retomasse a transmissão. Quando se pensava que os problemas já estavam resolvidos, outro bate boca aconteceu, mas desta vez o envolvido foi o secretário de saúde Adalberto Fulgêncio. Devido aos acontecidos, a policia foi chamada, e o vereador Lucas de Brito resolveu encerrar a audiência pública.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB Agora/Datavox: 60% aprovam gestão de Ricardo Pereira, em Princesa Isabel

A administração do prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira, do Cidadania, foi aprovada por 60% dos entrevistados na pesquisa PB Agora/Datavox, realizada entre os dias 25 e 26 de julho,…

Em Barra de São Miguel, Santiago prestigia inauguração de praça

O deputado federal Wilson Santiago (PTB) participou nesse sábado (1) da inauguração da reforma e ampliação da Praça Ismael Mahon, no Centro de Barra de São Miguel. O prefeito anfitrião…