Por pbagora.com.br

O vereador Leo Bezerra (PSB),  líder da bancada de oposição na Câmara da Capital, condenou a forma como a chapa do PV-PSSB tem tratado o eleitorado das cidades de João Pessoa, e Campina Grande, e lamentou desprezo dispensando aos demais 221 municípios do Estado.

As críticas de Leo se baseiam nas declarações de integrantes da oposição, afirmando que os votos dos eleitores de João Pessoa e Campina Grande seriam suficientes para garantir vitória à chapa formada pelo irmão gêmeo do prefeito da Capital, Luciano Cartaxo (PV), pela esposa do prefeito de Campina, Romero Rodrigues (PSDB).

Na convenção do PV, realizada no último domingo (6), o prefeito Romero Rodrigues chegou a dizer que não adianta qualquer candidato vencer com 75% dos votos nas outras cidades e perder em João Pessoa e em Campina Grande, será derrotado.

Para Leo Bezerra, o pensamento expressado pela oposição através das palavras de Romero Rodrigues representa bem a forma de fazer política ultrapassada, concentrando poder em poucas famílias e desprezando os pequenos municípios que, de acordo com ele, passaram a ter vez no governo do PSB. “Temos um governo que olha para os 223 municípios, independentemente da quantidade de eleitores. Agora, você imagina se na campanha já estão discriminando as cidades, imagina se chegarem ao governo?”, questionou.

Leo destacou ainda que o tempo de curral eleitoral já passou. “Esse pessoal tem que entender que não é por que os parentes governam as cidades de João Pessoa e Campina Grande que o povo vive no tempo do curral eleitoral, não. O povo é livre e soberano para votar e escolher o que é melhor para a Paraíba e todo mundo sabe que o melhor é a continuidade desse projeto que construiu uma verdadeira nova Paraíba”, disse o vereador.

 

Redação com Assessoria

Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

Notícias relacionadas

Galdino confirma candidatura do irmão Murilo a deputado federal

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, garantiu nesta terça-feira (15) que vai continuar trabalhando e se empenhando para eleger seu irmão, o secretário Estadual de Articulação Política…

Queda de energia em JP obriga Câmara a adiar audiência sobre a LDO 2022

A audiência pública para discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício financeiro de 2022, que estava agendada para ocorrer nesta terça-feira (15), às 11h, foi adiada para…