O vereador Olimpio Oliveira, teve ontem (31) aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) requerimento de sua autoria, no qual requer a Secretaria Municipal da Assistência Social (SEMAS) que providencie, com a máxima urgência, a implantação de uma Casa de Repouso de Longa Permanência (Casas Lares), conforme a previsão da Política Nacional do Idoso.

Olímpio lembra que a Lei Federal nº 8.842, de 04 de janeiro de 1994, instituiu a Política Nacional do Idoso, cuja lei estabelece a criação governamental de incentivos e de alternativas de atendimento ao idoso, como centros de convivência, centros de cuidados diurnos, casas-lares, oficinas abrigadas de trabalho, atendimentos domiciliares e outros (Art. 10, I, “b”).

“O Decreto Federal nº 1.948 de 03 de julho de 1996, que regulamentou a Lei Federal nº 8.842, de 04 de janeiro de 1994, estabelece que o idoso que não tenha meios de prover à sua própria subsistência, que não tenha família ou cuja família não tenha condições de prover à sua manutenção, terá assegurada a assistência asilar, inclusive, pelos Municípios”, disse Olimpio, destacando a necessidade da implantação deste equipamento para a cidade, tendo em vista que uma cidade do porte de Campina Grande, não detém, a não ser de caráter privado.

Redação com assessoria 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cássio garante que continuará colaborando com a PB e classifica como remota tese de disputar PMCG

Sem mandato há seis meses, o ex governador e ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), praticamente afastou a possibilidade de disputar a prefeitura de Campina Grande nas eleições do próximo…

Trabalho infantil atinge 60 mil jovens na Paraíba, aponta pesquisa

  O problema do trabalho infantil na Paraíba atinge atualmente, 60 mil crianças e adolescentes com idade entre 5 e 17 anos que realizam algum tipo de trabalho. O número…