Em entrevista a uma emissora de Campina Grande o senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) declarou que permanece com a mesma opinião de antes, defendendo a união entre os componentes do PSB paraibano. O parlamentar socialista citou que não existem razões para que o partido viva uma situação desagradável e defendeu que a manutenção da harmonia na legenda seja preservada.

O senador destacou que até então não possui motivos para deixar o PSB e caso não existam razões plausíveis, sua posição seguirá a mesma. Ele ainda disse que o PSB da Paraíba possui nomes importantes, como o governador João Azevedo (PSB) e o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e ressaltou a necessidade do restabelecimento do equilíbrio entre ambos.

“Sou coerente com aquilo que eu disse e devo registrar que não víamos e continuamos a não ver razões para que o PSB chegue a uma situação de inferências. A minha posição é essa, defendo essa rearmonização”, afirmou.

Veneziano no entanto ressaltou que poderá repensar nesta decisão caso surjam novos fatos dentro do processo. “Continuarei, a não ser que outros fatos não me permitam permanecer”, disse.

 

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereadora acusa colega de desconhecer regimento da CMJP

Ao se unir a entidades LGBT e feministas a vereadora pessoense Sandra Marrocos (PSB), acusou a colega de parlamento vereadora Eliza Virgínia (PP), de desconhecer o regimento da casa ao…

Audiência proposta por paraibano alerta para privatização de estatais

A Comissão de Legislação Participativa, colegiado presidido pelo petista Leonardo Monteiro (MG), anunciou que fará uma audiência pública para debater as consequências da privatização de 17 empresas estatais, que foi…