O deputado federal Veneziano Vital do Rego (PMDB) ainda não bateu o martelo, mas pode deixar o partido em abril de 2018.

O ex-cabeludo garante, no entanto, que essa não é vontade dele, mesmo assim adiantou que vota em Maranhão, em caso de candidatura própria da sigla na Paraíba.

Se o cenário for a aliança do PMDB com Luciano Cartaxo (PSD) e Cássio Cunha Lima (PSDB), Veneziano adianta que seu apoio será ao grupo do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Já sobre seu posicionamento em relação ao Governo Temer,  Veneziano avisou que não teme novas represálias caso decida votar a favor da segunda denúncia contra Temer

“Chegando a nova denúncia na Câmara, eu e mais outros cinco companheiros do partido, devemos votar pela continuidade da investigação. Se eu chegar a convicção, como cheguei no outro momento, terei a mesma tranquilidade, em que pese podendo sofrer as mesmas retaliações do PMDB, falou.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente nacional do Podemos desmente mudanças no comando do partido na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana, a Presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu, desmentiu a especulação feita por um portal de que existiria alguma possibilidade de mudança no comando…

Gervásio reage a tentativas de incêndio no PSB: “Eu conheço a roda de babões”

O deputado federal Gervásio Maia (PSB) fez um desabafo e criticou, nesta sexta-feira (20), aqueles que querem a divisão do PSB na Paraíba. Tachando de ‘babões’ àqueles que ficam sempre…