O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou hoje liminar em pedido de mandado de segurança e manteve a cassação do prefeito de Ipatinga, Sebastião Quintão (PMDB). A juíza responsável pela 131º Zona Eleitoral da cidade mineira, Maria Aparecida de Oliveira Andrade Grossi, acatou na noite de sexta-feira denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE) e determinou a cassação de Quintão por abuso de poder econômico nas eleições municipais e rejeição de contas de campanha.

O peemedebista concorreu no ano passado à reeleição, mas terminou em segundo lugar, atrás de Chico Ferramenta (PT), cujo registro da candidatura foi cassado às vésperas de sua posse. Com a decisão, Quintão assumiu, mas também acabou cassado. A juíza determinou ainda que o presidente da Câmara Municipal, Robson Gomes (PPS), assuma o cargo até que o TRE agende novas eleições.


Agência Estado

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano lastima desmonte, por parte do Governo, de centro da Embrapa em CG

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) veio a público neste domingo (17) lastimar a posição do Governo Federal, que vem estimulando o desmonte de uma das instituições mais importantes…

Opinião: faltou calma a Sikêra lidar com o revés, embora a fúria seja ato humano compreensível

Precursor da Sociedade Brasileira de Eubiose, cujo conhecimento humano está centrado na Filosofia, Religião e Ciência, o soteropolitano Henrique José de Souza, falecido em 1963, seguia uma máxima criada por…